IMRT (Intensity Modulated Radiation Therapy)

IMRT é um novo tipo de Radioterapia Conformada 3D que utiliza feixes de radiação (geralmente raios x) de diferentes intensidades para entregar diferentes doses de radiação em pequenas áreas de tecido ao mesmo tempo. A tecnologia permite a liberação de doses maiores de radiação no tumor e de uma dose menor próxima ao tecido sadio. Algumas técnicas liberam uma dose maior de radiação para o paciente a cada dia, na intenção de reduzir potencialmente o tempo total de tratamento e de aumentar suas chances de sucesso.

A técnica de radioterapia por IMRT permite evitar efeitos secundários durante e após o tratamento. Pelo fato de o equipamento de IMRT ser altamente especializado, nem todos os centros de radioterapia o utilizam.

Uma técnica que abre novas possibilidades à ​terapia oncológica.

Na chamada Radioterapia de Intensidade Modulada, o próprio processo de cálculo da dose modifica-se, já que, desde o início, se definem as doses máximas a suportar por cada uma das diferentes estruturas e órgãos, obrigando o computador a procurar uma solução que respeite o máximo possível, todos os parâmetros pré-definidos. Este processo é conhecido por “planejamento inverso”.

Diferentemente da irradiação tridimensional clássica, as lâminas que “desenham” os campos de radiação, movimentam-se no instante preciso em que está sendo realizado o tratamento, interpondo-se à frente do feixe. Deste modo, se as lâminas se interpuserem muito tempo entre o aparelho e o paciente, passará menos radiação. Se forem mais rápidas, passará mais radiação.